13 de abr de 2007

LAPTOP DE U$ 100,00: UMA NOVA CAMPANHA DO PRESIDENTE?

A nova investida do governo federal para a educação é em relação ao laptop de U$ 100,00, que desde 2005 vem sendo divulgado pela imprensa e "estudada" pelo governo.
Seria uma inovação e tanto se não fosse por alguns detalhes. Na na Revista Exame de Abril, saiu uma matéria sobre esses detalhes que não estão sendo levado em conta por parte do governo, como por exemplo a capacitação dos professores (conheço muitos professores que não tem computador em casa e não faz a mínima idéia do que seja internet), suporte para manutenção (além de que, quem vai pagar a conta da manutenção? uma vez que é sabido que adolescente não tem muito cuidado com livros, imagine com um computador (minha sobrinha de 15 anos quebrou um notebook que ganhou de natal do pai, com menos de 6 meses de uso, ao pisar em cima do pobre coitado que estava jogado no chão do quarto). Sem contar infra-estrutura, pois em muitos locais, como zonas rurais, não possuem.
Digo isso com conhecimento de causa: na escola estadual que minha esposa trabalha, chegou no ano passado cinco computadores (o mínimo ideal seriam 15 máquinas para as classes com 30 alunos em média), um servidor, além da estrutura para rede, móveis, internet, etc. Porém, ninguém sabia mexer. Resultado: a sala foi montada, tudo lindo e maravilhoso mas, ninguém aprendeu nada! Faltou planejamento para saber o número de alunos na escola, se os professores estariam capacitados para ensinar com computadores ou se seria necessário locar uma pessoa especializada para que os alunos pudessem aprender algo.
Assim será com os laptops de U$ 100,00, se não existir pessoas capacitadas para orientar essas crianças e adolescentes, no fim ter-se-á apenas mais um brinquedo na mão da garotada, uma grande conta para o governo (ou para o povo) pagar e um presidente batendo no peito e dizendo que levou o conhecimento e tecnologia nas escolas.
Podem dizer que já viram esse filme antes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário