22 de mai de 2008

Vigiados!


Na aula de Estratégia de Comercialização da minha pós-graduação, tivemos uma discussão sobre as possibilidades que o futuro nos reserva em termos de tecnologia da informação.
Uma das possibilidades levantadas pelo Prof. Walter Ruiz Jr. foi a da tecnologia dos celulares (compras, pagamentos entre outros). O exemplo foi o de estarmos chegando num shopping qualquer e, um sistema de qualquer loja perceber e nos mandar um SMS para aproveitarmos uma certa promoção da loja.

Pensei um pouco e me lembrei justamente do filme "Inimigo do Estado", quando por acidente uma pessoa grava o assassinato de um congressista... Daí quem viu o filme sabe da história e quem não viu deve assistir.

A questão é, até que ponto temos ou teremos privacidade no mundo? Será que já não somos vigiados pelo Estado?